Propaganda topo

Roberto Castello Branco será presidente da Petrobras no governo Bolsonaro

Imagem: Divulgação

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O economista Roberto Castello Branco aceitou convite da equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro para presidir a Petrobras, informou em nota a assessoria do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta segunda-feira.

Ele assumirá a presidência da estatal em substituição a Ivan Monteiro, que chegou a ser cotado para permanecer no comando da petroleira.
Roberto Castello Branco durante seminário organizado
pela Folha sobre o futuro da Amazônia
 - Reinaldo Canato - 27.nov.2017/Folhapress

Castello Branco é doutor em Economia pela Fundação Getúlio Vargas e, atualmente, é diretor no Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da FGV.

“Economista, com pós-doutorado pela Universidade de Chicago e extensa experiência nos setores público e privado, Castello Branco já ocupou cargos de direção no Banco Central e na mineradora Vale, fez parte do Conselho de Administração da Petrobras e desenvolveu projetos de pesquisa na área de petróleo e gás”, informou a nota.

Monteiro vai permanecer no comando da estatal até a nomeação do novo presidente, de acordo com o comunicado.

Postar um comentário

0 Comentários