Propaganda topo

Prefeitura autoriza o pagamento de incentivo financeiro do PMAQ a funcionários da saúde

Texto: Ákila Soares – Secom/Cabo Foto: Léo Domingos

O prefeito em exercício do Cabo de Santo Agostinho, Keko do Armazém, autorizou nessa terça-feira (22/01), o pagamento do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ) , aos profissionais lotados nas Equipes de Atenção Básica da Secretaria de Saúde do município. Na oportunidade, Keko também autorizou o pagamento do Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQA-VS).

Os dois programas tem como objetivo premiar os profissionais que tiveram bom desempenho em suas atividades ao longo do ano como forma de incentivo. No Cabo, o conceito das 42 Unidades de Saúde da Família (USF’s) foi considerado bom, durante pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde.

Com os dois benefícios, a saúde investiu aproximadamente R$ 700 mil em 580 profissionais que trabalham no programa Estratégia de Saúde da Família e também na Vigilância em Saúde. Os profissionais que receberão o pagamento dos incentivos financeiros são enfermeiros, técnicos de enfermagem, Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias, dentistas, auxiliares de Saúde Bucal e coordenadores de políticas públicas, além dos profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF.

O prefeito em exercício, Keko do Armazém, enfatizou que a valorização do profissional é importante para que os profissionais continuem realizando o trabalho de forma satisfatória. ” As equipes tanto da Atenção Básica quanto da Vigilância em Saúde são de extrema importância para população, pois são eles estão na ponta, cuidando da prevenção de doenças”, disse. “Esses profissionais realizam um papel fundamental. Que é cuidar da comunidade, indo até a casa das pessoas. E pelo bom empenho dessas equipes, estamos entregando esse benefício e que também é um direito conquistado por eles”, completou Keko.

PMAQ – O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica foi criado pelo Ministério da Saúde para incentivar gestores e profissionais de equipes de saúde da família a melhorarem a qualidade dos serviços oferecidos à população.

Postar um comentário

0 Comentários