Propaganda topo

Senador Fernando Bezerra Coelho e Deputado Fernando Filho são alvos de operação da PF

Fernando Bezerra Coelho e Fernando Filho. Foto: divulgação

Exame - A Polícia Federal (PF) realiza, na manhã desta quinta-feira (19), operação de busca e apreensão em endereços ligados a Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do governo Bolsonaro no Senado.

Batizada de Desintegração, a ação incluiu buscas no gabinete do senador em Brasília e foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). Leia na íntegra a decisão do STF.

A operação tem relação com obras da transposição do Rio São Francisco na época em que Bezerra era ministro da Integração Nacional do governo Dilma Rousseff, quando ainda estava no PSB.

Em Pernambuco, seu reduto eleitoral, Bezerra foi secretário no governo de Eduardo Campos, morto em 2014. Ele também foi líder de Michel Temer no Senado no ano passado.

Ao todo, o senador é alvo de cinco inquéritos, dois deles por supostos crimes contra a lei de licitações quando era prefeito de Petrolina, dois de quando era secretário estadual e um de quando foi ministro.

De acordo com parecer de Barroso, o montante total das vantagens indevidas chegaria, segundo a autoridade policial, a pelo menos R$ 5.538.000,00.

O filho do senador, Fernando Bezerra Filho, também é alvo dos agentes da PF. Bezerra Filho (DEM-PE), que atualmente é deputado federal, foi ministro de Minas e Energia no governo Temer.

Postar um comentário

0 Comentários