Propaganda topo

Augusto Nunes agride ao vivo o também jornalista Glenn Greenwald do The Intercept

Foto: Reprodução Youtube / Jovem Pan

O jornalista Augusto Nunes, comentarista do Jornal da Record, agrediu o americano Glenn Greenwald, um dos fundadores do The Intercept, com um tapa no rosto, após discussão ao vivo, no programa Pânico, da rádio da Jovem Pan. 

A agressão aconteceu depois de Glenn chamar Nunes de covarde por ele ter questionado publicamente a criação dos filhos do americano com o deputado David Miranda. 
"Você é um covarde!", disse Glenn. "Covarde, mas apanhou na cara", rebateu Augusto Nunes. 

André Marinho, filho do empresário Paulo Marinho, separou a briga. O empresário é o suplente do deputado federal Flávio Bolsonaro (PSL) 

O programa foi interrompido por cerca de 15 minutos, até que a confusão fosse contida.

Várias personalidades da política repudiaram a atitude de Augusto Nunes, em solidariedade a Gleen o ex-presidenciável Ciro Gomes postou vídeo em suas redes sociais, onde chamou Nunes de "Escória do jornalismo brasileiro".

Vários deputados, senadores e personalidades do mundo da política e da imprensa se solidarizaram ao jornalista fundador do The Intercept.

Com informações do Estado de Minas

Postar um comentário

0 Comentários